De segredo com papai

segredo-com-papai
Share Button

Na minha infância, meus pais trabalhavam muito e para que eu não ficasse sozinha em casa o dia todo, vinha uma moça que tomava conta de mim. O nome dela era Solange. Uma morena de 17 anos e muito bonita.

Quando eu chegava do colégio, na hora do almoço, ela tinha a tarefa de esquentar-me a comida, me vestir e cuidar da cozinha. No período da tarde nós assistíamos televisão juntas.

Um dia ela pediu para ver se eu já tinha muitos pelos na bucetinha e eu, com toda naturalidade, abaixei a calcinha e deixei Solange espantada, que exclamou:

- Nossa! Que peluda essa xoxota!

(mais…)

Share Button

Marido emprestado

Lídia acabou emprestado o marido para que eu pudesse brincar um pouquinho, já que Cláudio não estava pronto para a minha primeira vez por trás.
Share Button

Me chamo Carla e tenho trinta anos. Sou branca, 1,70 de altura, cabelos louros e bem compridos até os ombros. Seios médios e bunda redondinha e arrebitada. Tenho, como dizem por aí, um corpão modelado a custa de muita malhação.

Sou casada com Cláudio, um homem maravilhoso a quem amo muito e com quem tenho dois filhos. De todas as experiências sexuais que conheço, uma ainda não tinha conseguido realizar. O sexo anal. Desde que nos casamos que meu marido tenta me comer por trás, mas não consegue, pois sinto muita dor e ele acaba desistindo. Porém, eu sinto que ele quer muito e eu gostaria de poder realizar o seu desejo.

(mais…)

Share Button

Rafael estudando em casa

rafael-estudando-em-casa
Share Button

 

Tenho 16 anos e sou de uma família muito tradicional de uma cidade do interior de Goiás. Sempre estudei em escola particular.

Na minha atual escola, tem um menino, que vou chamá-lo de Rafael. O qual eu já fui apaixonada. Ele voltou a estudar comigo esse ano, e quando o vi, estava determinada a conquistá-lo. Ao decorrer do ano, Rafael e eu nos tornamos muito amigos, e toda sexta-feira ele vem aqui para casa estudar. Numa dessas sextas, ele disse que estava gostando de uma menina muito linda e que essa menina era eu. Nós ficamos aqui mesmo, escondido da minha família, é claro.

No outro dia na escola, como nós sentávamos um do lado do outro, não paramos de nos encarar e trocar sorrisos, e junto com outra amiga, começamos a falar sobre sexo. Falamos sobre quem eram os virgens da nossa sala. Falamos um por um deles e na hora que chegou na vez dele, ele admitiu ser. Eu fiquei louca quando ele disse isso. Na sexta-feira seguinte, sabendo que meus pais e nem meus irmãos estariam em casa, coloquei um vestido bem justo e bastante decotado. Sou alta, branca e os cabelos longos, cor de mel e bem lisos. E tenho um corpo de deixar muita mulher mais velha com inveja, bundão, peitão e curvas muito bem definidas. Quando o Rafael chegou, ele me olhou de cima em baixo e disse que estava linda. Enquanto estudávamos percebi que ele não parava de olhar para meu decote.

(mais…)

Share Button

Minha prima cresceu!

minha-prima-cresceu
Share Button

 

Me chamo Stefani, tenho 28 anos e nunca havia me sentido atraída por uma mulher e acabei me envolvendo com minha prima que vi crescer desde pequena.

Bia sempre foi muito precoce e vivia me contanto seus casos e rolos nos mínimos detalhes. Ouvia com muita excitação e confesso que muitas vezes ficava com certa inveja por ser mais velha do que ela e nunca ter vivenciado metade daquelas fantasias.

(mais…)

Share Button

Fotos para meu sogro

fotos-para-meu-sogro
Share Button

fotos-para-meu-sogro Conheci o Alberto no primeiro ano de Faculdade, nos apaixonamos e começamos a namorar. Não demorou para ele querer me apresentar para a família.   Quando entrei naquela casa fiquei maravilhada, sabia que a condição deles era boa, mas não imaginei que fosse tanto. Estavam todos me esperando, menos meu sogro, que ainda estava no trabalho e ia se atrasar. Minutos depois ele chegou e não conseguia disfarçar os olhares para mim. Eu nunca havia olhado para um cara mais velho daquele jeito, ele me olhava e eu tremia. Ele, por sua vez, me encheu de elogios perto da família toda. Disse que seu filho tinha ganho na mega-sena. Conforme o embalo da noite, ele foi bebendo e bebendo, sem parar de me olhar e sem disfarçar. Por algumas vezes percebi que Lourdes, minha sogra, olhava para ele com expressões feias. (mais…)

Share Button