Mirian, chupei meu amigo

Chupei meu Amigo
Mirian, chupei meu amigo
128 votos
Share Button

Chupei meu amigo

Casei cedo, com 22 anos. Minha mulher tinha 20 e já casou grávida. Mesmo assim sempre tivemos uma vida sexual ativa e cheia de inovações. Lembro-me da primeira vez que ela chupou meu cu: gozei sem me tocar. Que delicia. Ela, então, percebendo meu enorme tesão foi se aperfeiçoando em me proporcionar prazer anal. Começou a colocar dedos e então velas. Não sei bem por que, mas depois da vela nossa relação foi esfriando. Depois tivemos mais um filho e seguimos nossa vida. Sempre tive vontade de vê-la chupando uma buceta, mas ela nunca aceitou, apesar insistência. Nossa vida sexual continuava morna até que um dia perguntei a ela o que mais dava tesão nela de assistir num filme porno, ela pediu para que eu não achasse esquisito, mas ela adorava ver dois homens se beijando e se chupando. E de queima roupa me soltou:

— Não minta, por favor. Você já chupou um pinto? — fiquei até sem fala. Pensei comigo: ih, agora o que eu digo?, conto a verdade ou minto? Decidi contar a verdade, pois minha vida sexual já estava uma porcaria mesmo.

— Já, sim. Mas foi antes de casar.

— Bem que desconfiava que você já tinha provado, seu safado. Marcos, quero saber tudo! Tim-tim por tim-tim.

Ela me convidou pra tomarmos um banho. Estranhei, pois era duas horas da tarde.

— Tô até pingando de tesão, quero ir para cama e saber tudo — disse ela.

Tomamos banho e fomos para cama. Ela já começou a me beijar e a me chupar inteiro se detendo no meu cu.

— Marcos, você já deu o cu, amor?

— Não, só chupei.

— Acha pouco um homem casado chupar pinto, seu puto? De quem você chupou?

— Do Dimas — respondi.

— Quando foi isso, amor? Que idade você tinha?

— Vinte anos.

— Gostou?

— Foi diferente.

— Mas com vinte anos você já me namorava, seu puto.

— Já. E o Dimas era casado.

— Ele também te chupou, amor?

— Sim, amor.

— Como foi que aconteceu, seu safado?

— Senta no meu pinto que eu te conto — falei.

— Sou toda ouvidos — disse ela ao sentar em mim.

— Sabe aquele dia que fomos na casa deles e você foi com a Edna no cabelereiro?

— Sim, lembro.

— Então, depois que vocês saíram, ele me convidou pra ver um filme pornô na sala. Começamos a ver, normal, até que ele me perguntou se eu queria ver um filme diferente. Aceitei e ele colocou um filme pornô bissexual, chamado A História de nós Três, era uma mulher e dois homens. Ele falou que tinha tesão em ver filme daquele gênero, que o pau dele ficava duro. E me perguntou se eu também ficava excitado. Respondi que sim. Então ele pediu para que eu tirasse meu pau para fora, já que vocês demorariam para chegar.

— E aí, amor, você tirou?

— Sim, tirei. E comecei a me punhetar. Na tela, a mulher mandava os caras pegar um no pinto do outro. Foi quando ele me pediu para fazermos o mesmo.

— Ai, amor. E você pegou?

— Peguei, sim, Mirian. E senti meu pau pulsar por causa disso. Aí ficamos punhetando um ao outro de leve. Na tela, um dos homens começa a chupar o outro. Não aguentei e pedi para que Dimas me chupasse um pouco.

— Ele chupou?

— Não. Ele disse que só pegar já estava bom. Insisti e ele me mandou chupar, já que eu queria tanto.

— E você, amor, o que fez?

— Eu te confesso, amor, não aguentei de ver aquele pinto na minha frente e cai de boca.

— Nossa, amor, você que tomou a iniciativa? Que tesão que estou sentindo. Estou me segurando pra não gozar. Mas quero saber mais. Ele também te chupou?

— Sim, pois conforme fui chupando, ele foi ficando com mais tesão e também quis provar.

— E aí, amor, como que vocês fizeram? Meia-nove?
— Sim, ele me chupou um pouco ai ele me convidou pra ir na cama deles.

— Teve beijo na boca?

— Teve.

— Ai! Que delícia saber que meu macho já curtiu um pinto. Que tesão que estou, amor. Ele gozou na sua boca?

— Mirian, aconteceu uma coisa incrível. Você não vai acreditar. Pensei em gozar na boca dele, pois ele tava chupando muito gostoso. Na hora que gozei, ele tb gozou. Aí naquele tesão, acabei engolindo a porra dele e ele a minha.

— Ai, amor, não aguento mais. Vou gozar, seu safado. Viado, chupador de pinto. Ai!

Depois que gozamos, ela me disse que me achou muito homem de confessar pra ela que já tinha chupado outro cara e me fez prometer que compraria um vibrador para ela tirar meu cabaço anal. O que acabou acontecendo, mas isso conto uma outra vez.

~~~

Conto escrito pelo leitor João Marcos.

Summary
Article Name
Mirian, Chupei meu amigo
Author
Description
Marcos faz uma revelação importante para sua esposa, enquanto transam: "Mirian, eu já chupei meu amigo". Ela fica muito excitada com isso e goza.
Share Button
  1. joserochacharles

    e, foi legau , tenho a curiosidade de um dia faser isso também.

  2. Pedro

    Também já confessei prá minha mulher uma aventura igual a esta,sendo que no meu caso eu deu o cú. Ela não aceitou de início, mas agora já aceita e até deixa eu falar disto na hora da foda. Muito bom ser bissexual.

  3. Anônimo

    Ja fui em uma balada e sai com gay,como eu tava bêbados acabei chupando ele e comendo e dei o cu também. Foi muito loco

  4. Marcelo Ricardo Galvão

    muito legal

  5. paulo oliveira

    Nunca fiz algo parecido, mas quando faço sexo com minha esposa ela passa o dedo e fico com o pau muito duro. Adorei a historia.

  6. Marcelo Ricardo Galvão

    adorei o conto tesão de +

  7. Anônimo

    to louco pra dar tb

  8. Menino do Rio

    Delicia mas foi pena, o melhor é um macho comendo seu cuzinho, você ia adoar como eu adoro

  9. Anônimo

    muito legal eu tambem levei um colega p minha mulher e ele acabou mecomendo quando ela soube ficou brava comigo

  10. Paulo

    A historia da um tesão louco, sem duvida. Nunca fiz nada com outro homem, excepto quando era menino mesmo, com outros meninos, mas nada de especial, apenas roçando uns nos outros. Contudo, por vezes imagino que talvez numa orgia, no meio da mistura de corpos, com muito tesão à mistura, seria capaz de pegar num pau e massajar, ou ate mesmo lamber e chupar. Dar o cu não acredito, mas comer um cu masculino talvez, mas apenas mesmo em grupo e perdido de tesão. Ha tempos vi um pequeno filme com uma boneca e senti um tesão enorme por estar com ela, mas ela era bonita tipo mulher, de rosto, de seios e o pau era lindo tambem, mas apenas me imaginei segurando no pau dela e massajando e lambendo e chupando e comendo ela, mas não ser comido por ela. Foi tesão a valer. Masturbei-me mesmo imaginando-me com essa boneca. Foi gostoso demais. Tambem ja me imaginei com um casal e lamber e chupar o pau dele junto com ela, as duas bocas juntas no pau. Enfim … imaginação e tesão … huuuummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

- w5 - top8